quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

A Supposedly Fun Thing I'll Never Do Again

Enfiaram o Alexandre Borges num cruzeiro, naquela que é a única opção legítima para alguém se ver enfiado num cruzeiro: pagando-lhe. O relato, em directo, está lá no 31 da Armada.

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Abaixo o sistema (de som)

O Francisco Mendes da Silva insurge-se contra a qualidade da música que passa nos restaurantes, e bem, mas para mim a questão morre logo à nascença com a mera existência de música nos restaurantes. Falar uns com os outros é preciso.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

O cinema morreu?

Não vi O Artista nem A Invenção de Hugo, os grandes vencedores dos Óscares de ontem, mas sei que são filmes elogiados pela sua «homenagem ao cinema». É uma tendência que se tem acentuado, esta de os filmes serem sobre «os filmes» e «o cinema», multiplicando-se as «cartas de amor» à «sétima arte», assim como se ao cinema só restassem três semanas de vida. Isto é bom ou mau? Uma pista: as séries de televisão que toda a gente está a ver não são séries «sobre séries»: são sobre polícias e ladrões, sobre cavalos, sobre cowboys, sobre playboys, sobre naves espaciais e civilizações de cyborgs monoteístas, sobre professores e alunos, sobre hospitais, sobre serial killers, sobre catástrofes naturais...

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Nunca me tinha apercebido de que os Black Keys são os maiores

«we feel uncomfortable wearing sunglasses indoors»



«when you start making decisions based on what some blogger thinks...»

Política

Sempre achei o carnaval uma palhaçada.

Nove meses e ainda não saímos da crise

Quem olha para a política como o exercício do curto-prazo nunca vai perceber nada.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

100% dos namoros acaba

O reclame da Coca-Cola que tenta capitalizar sobre o dia dos namorados vai assim:

«65% dos casamentos acaba em divórcio (imagem de casal infeliz). É por isso que nós vamos ser sempre namorados (imagem de casal nos carrinhos de choque).»

Não sei o que vos diga.

T8

«Everybody lies. Except me. To you, right now. I wouldn't do that.

(Do episódio de ontem da temporada oito, a temporada que resgatou House do marasmo anatomia-de-greyano onde se tinha metido.)

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Salazar

Já está on-line o primeiro número da revista Salazar, espreitem lá.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Pieguice

Que os jornalistas tenham resumido este discurso com a manchete «Passos Coelho pede aos portugueses para serem menos piegas» só mostra a pieguice a que chegou o jornalismo.

The King of Limbs - From the basement

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

A vidinha

Portugueses pelo Mundo, um programa que Laurinda Alves fez para a RTP, tinha o objectivo meritório de mostrar a vida da diáspora portuguesa contemporânea, mas apenas consegue abordar a vidinha dos entrevistados (eu trabalho até às cinco, aqui é onde bebo copos com os amigos, aqui na Austrália é normal haverem barbecues públicos). Confrangedor.

Correcção: O programa que Laurinda Alves fez para a RTP chama-se Portugueses sem fronteiras. Apesar de o formato e o tema serem praticamente idênticos, não se trata do mesmo programa.